Esse post faz parte de uma série de tutoriais que estão sendo postados para aumento da performance das Intruder e das Yes. verifique os topicos anteriores e faça todos os ajustes em ordem de postagem. Verifique o número que aparece no topo do tópico para saber em que parte da regulagem o post está abordando.

Equipe Intrudeiros

Passo 3 de 5.


ALTERANDO A POSIÇÃO DA AGULHA DO PISTONETE
Essa é a tampa do carburador. É rosqueada. O cabo do acelerador passa por dentro dela e se prende ao pistonete.
Gire-a no sentido da seta vermelha. A seta amarela mostra um regulador de folga do cabo. É preciso prestar atenção a ele, porque ele encosta no chassi, dificultando a saída da tampa. É necessário virá-lo um pouquinho enquanto se desrosqueia a tampa.


Com a tampa fora, eis o pistonete. Muita atenção aqui!:
Por falta de espaço, é preciso um malabarismo cuidadoso para tirar o pistonete da sede dele. Ele, e a agulha (que está presa a ele) são peças de precisão, e porisso um tanto delicadas... delicadas no sentido de "cuidado para não arranhar nem fazer marcas nessas peças"...


O PISTONETE E A AGULHA
Observe essa ranhura... quando for remontar o pistonete no seu lugar, essa ranhura deverá estar virada para o lado esquerdo do carburador. Ela corre por um pequeno pino-guia que há nele.


Puxe a mola com a ponta dos dedos, até conseguir segurá-la nessa posição.


Então deslize o cabo pela ranhura... (ou o pistonete pelo cabo...)
A mola ficará solta.


Este é o pistonete das Yes até 2006


A agulha, fora do pistonete. Há um pequeno calço (uma arruela) que mostro em outra foto a seguir. A chapinha redonda com as duas reentrâncias é o que segura a agulha presa no pistonete, pressionada pela mola.


O pistonete das Yes e Intruder mod. 2007

Para retirar a agulha, é preciso uma chave de fenda do tipo usado por relojoeiros. Gira-se anti-horário para soltar.



Peça que segura a agulha no pistonete das 2007


As duas agulhas. À esquerda a antiga (até 2006), e à direita, do mod. 2007
Originalmente, a travinha de ambas vem na ranhura do meio, das 3 disponíveis. Em ambas, coloquei as travinhas na posição de cima, fazendo as agulhas descerem. Mas há uma diferença:
cada ranhura está distanciada 0,8 mm da outra.
Na agulha da 2007, eu transferí a arruela que estava por cima da travinha, para baixo dela, mas entre ela e aquele calço plástico. Essa arruela tem espessura de 0,5 mm.
Então, na prática, a agulha da 2006 desceu 0,8 mm, mas a agulha da 2007 desceu apenas 0,3 mm.
Fiz isso por observar o perfíl dessa agulha da 2007. Ela é mais gordinha do que a outra. E assim sendo, provavelmente restringe mais a passagem de gasolina do que a 2006, o que eu acredito que seja visando menos consumo na alta.
No caso das 2007, eu recomendo experimentarem estas 3 variações: trava na posição original; trava como mostrado neste tutorial; e trava na posição de cima e arruela sem ser transferida para baixo (agulha na posição mais baixa possível)

Aquele calço plástico da 2007 tem que ser empurado para baixo, e depois tem que ser encostado na arruela com a travinha.

A mudança na posição da agulha afeta a mistura da "alta", quando se usa mais de 1/3 de acelerador, aproximadamente. A agulha mais para cima, mistura mais rica (mas não necessáriamente mais potência)... agulha mais para baixo, mistura mais pobre. Isso em relação à posição original.

Para remontar o pistonete depois da agulha reinstalada, recoloque a mola passando-a pela ponta do cabo, e reencaixe no pistonete, através da ranhura.
Lembre-se da posição dessa ranhura na remontagem, e igualmente o mesmo cuidado no manuseio...

Créditos: João Duarte