21 de mar de 2009

Troca de óleo





Pessoal,

Como falei, sábado a noite, sem nada pra fazer, fui para a garagem tirar fotos da Gertrudes e comecei a montar uma série de tutoriais.

Vamos falar hoje sobre a troca de óleo.

Segundo o manual de serviço, a troca de óleo deve ser feita de 3000 em 3000 kilometros. Porém acredito que todo intrudeiro sempre force a sua máquina mais do que deve. Depois de conversar com vários amigos motociclistas e alguns mecânicos resolvi diminuir o tempo de troca do óleo para 2000 km. Isso aumenta a proteção das peças do motor.
Depois de visitar vários fóruns de discussão sobre que óleo utilizar acabei chegando a seguinte conclusão: Sem dúvida nenhuma os óleos minerais são melhores que os sintéticos, pois possuem maior pureza e mais benefícios para os motores.
Quando trocava óleo em revisões com mecânicos, sempre trocava por óleos minerais de empresas não "montadoras" de motocicletas, como a Havoline, Motul ou até mesmo a BR. Acredito que a melhor opção seja um óleo que pertença a uma montadora, que sabe as reais necessidades que os componentes precisam para ser protegido. Por isso escoli o Óleo Yamalube da Yamaha.

Eu costumo fazer isso com a moto quente para que o óleo caia totalmente. Com o óleo frio a tendência é que ele fique mais viscoso e acabe "grudando" em algumas peças do motor.
Vamos aos passos:

1 - Coloque uma bacia para que o óleo possa ser drenado embaixo do motor da moto;
2 - Retire o parafuso (o maior) do dreno do motor (foto) que fica embaixo do mesmo e deixe o óleo escorrer;

2 - balance a moto para que todo o óleo possa cair;
3 - Abra o soquete do filtro do óleo (foto - 3 parafusos que só abrem com chave de boca) para que possa trocá-lo;

PS: Tome cuidado com uma "arruela" de borracha que fica quase sempre sai quando se retira o filtro. Essa "arruela" serve para vedar a saída de óleo e não pode ser descartada. Os filtros novos não vem com uma nova "arruela".
4 - Retire o exesso de óleo que fica no soquete do filtro;
5 - Recoloque o parafuso do dreno do óleo;
6 - Coloque o filtro de óleo e feche o seu soquete;
7 - Preencha o motor com óleo, abrindo a entrada de óleo do motor (foto)verificando as marcações da quantidade já utilizada, que fica no frasco do óleo novo; Utilize aproximadamente 900 ml de óleo;

8 - Verifique, após alguns minutos, a quantidade de óleo que foi colocada no motor, verificando o seu nível ideal;

9 - Ligue a moto e aguarde o óleo circular pela moto antes de utilizá-la novamente;
Faça esses passos e mantenha o motor da sua moto com saúde!
Abraços

6 comentários:

Junior liberdade disse...

Que susto...tomei agora cara!!!

Que historia é essa de trocar o oleo a cada 3.000km?????

Pelo q eu sabia e pelo q me orientaram lá na conssessionaria aonde eu comprei a minha intruder q é p/ trocar o oleo do motor a cada 1.000km e aqui geralmente todos trocam oleo c/1.000km.

No manual tem isso? 3.000a troca do oleo do motor?

Vc me deixou confuso, explica ai que historia é essa Daniel.rss

Q eu saiba o filtro do oleo q é p/trocar c/ 3.000.

Valeu!

Ivo disse...

Li o manual da yes e lá diz para usar oleo BR 20W50, porém no motor está gravado 10W40, por favor se souber qual o melhor me diga,

Falô.

Anônimo disse...

Olá, parabéns pelo seu blog, muito bom. Gostaria de fazer uma pergunta: Você não quiz dizer na verdade que óleos minerais nÃO são melhores que sintéticos? Porque você disse que são mais puros, mas é exatamente o sintético que é isento de impurezas, até mesmo porque é feito em laboratório, por isso praticametente não carboniza os pistões, tanto que no Japão há mais de 10 anos, já que não polui, só é permitido óleo sintético! Além de trazer, o sintético, sim mais vantagens para o motor. O mineral sempre serviu bem e fez seu papel, mas os sintéticos são uma realidade que está chegando de vez, ainda mais que (nem todos sabem) se acham eles em todas as configurações, mesmo 20w50 e agüentam mais que o dobro da temperatura dos minerais, o que em motos é muito bom. Desdos anos 90 uso e os resultados têm sido muito bons! Demais, ótimo seu tutorial sobre a troca do óleo da Intruder.

Anônimo disse...

Cara, ainda não aprenderam que troca de óleo é seguindo o manual... dificil!!!

Denis Santana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Denis Santana disse...

Tem algumas montadoras que só recomendam óleo mineral exatamente porque o óleo mineral é mais puro porque é óleo em sua natureza isento de erros em sua fabricação. Eu tenho um Honda Civic 2005, e no manual tem escrito exatamente isso, que o óleo mineral tem certas propriedades que o sintético não tem e visando a vida útil do motor deve-se usar óleo mineral. Para você ver, uma montadora Japonesa dizer isso. Isso não é baseado no que eu acho sobre o assunto, mas baseado no que a montadora mesmo disse. Em relação ao motor de uma motocicleta não sei muito bem, mas vou pesquisar. Com relação a troca de óleo, somente a primeira troca deve ser feita com 1000km, a partir da primeira deverá ser feita a cada 3000km (Vide Manual). Abraços.