24 de jun de 2008

Ajuste do Tensor

FERRAMENTAS NECESSÁRIAS:


1 chave alen 10 mm
1 chave "L" 14 mm, ou tipo soquete
1 chave estrela 17 mm (de preferência combinada com 16 mm... é usada em vários pontos na moto)
1 chave de vela para as Intruder anteriores à mod. 2007 (18 mm)
1 chave estrela 12 mm (idem)
1 chave de fenda de ponta média
1 chave estrela 10 mm (*)
1 chave de fenda pequena, tipo bojudinha, encurtada (*)
1 jogo de lâminas de cálibre (*)


aqui já estou incluindo as ferramentas necessárias para fazer a regulagem da folga das válvulas, marcadas com (*).


O ideal quando se regula a folga das válvulas é que isso seja feito com o motor frio (normalmente de um dia para o outro). Mas o ideal para o ajuste da folga da corrente de comando de válvulas, é que o motor seja acionado por um ou dois minutos apenas, para que toda a corrente receba lubrificação.


Isso significa, que para fazer os dois procedimentos, será necessário posicionar o motor corretamente duas vezes... a primeira com ele frio, para se regular as válvulas, e a segunda depois de funcionar um pouco. Com isso, teremos que "fechar" as coisas que vamos abrir no motor.


PARA A REGULAGEM DA CORRENTE:


Com a chave alen 10 mm, soltar a tampinha do magneto. Encaixar bem a ferramenta, e tomar cuidado para não fazer o esforço na direção em que acabe empurrando a moto para a frente, tirando-a do cavalete.



a tampinha retirada



com a chave estrela 17, retirar o bujão do visor




o visor aberto. Através dele poderemos ver a marca de referência que há no volante do magneto




retire a vela... no caso, utilizei o outro lado da chave estrela, que tem 16 mm, e é a medida certa para as Intruder 2007 em diante e Yes. A Intruder anterior é chave de 18 mm.



com a chave "L" 14 (nestas fotos utilizei um soquete 14 mm com catraca), encaixar na ponta do girabrequim e girar devagar no sentido anti-horário. Evite girar no sentido horário pq isso "engata" a engrenagem do motor de partida.



aqui está o visor, com a marca de referência alinhada com uma seta que há logo acima, no bloco. A foto foi clareada para podermos ver a marca.
Quando o girabrequim está nesse ponto, o pistão estará no seu ponto morto superior (PMS), ficando junto do cabeçote. Ele pode ser observado pelo buraco da vela. Mas necessitamos que esse PMS seja aquele em que acontece a faísca, ou seja, a fase de ignição.



Usarei o método mais complicado para determinar se aquele PMS é o que queremos... ele parece complicado, mas na verdade fica independente de se tirar as tampas das válvulas para verificar isso. É útil para fazer-se apenas o ajuste da corrente de comando de válvulas.
A partir daquele PMS (a referência alinhada, alí em cima), gire o motor apenas 1/4 de volta. Pare alí, e vá olhar o buraco da vela. Se for possível ver a válvula de admissão (estará no lado esquerdo ao se olhar pelo furo), o PMS que nos interessa será o próximo, girando-se o motor aqueles 3/4 restantes, até a marca se alinhar novamente. Se não for possível ver nenhuma das válvulas, então será necessário girar o motor mais 1 volta e 3/4 (neste caso o PMS em que começamos já era o que queríamos, e porisso teremos que dar essa 1 e 3/4 volta)



feito isso, passemos para o ajustador. Com a chave de fenda segure o parafuso do ajustador, e com a chave 12 mm, solte a porca... (gira-se no sentido anti-horário)



e a seguir, solte o parafuso, girando-se a fenda anti-horário também



com o parafuso solto, dê umas batidinhas com o cabo da chave de fenda... isso é para ajudar a liberar a haste do ajustador



e então, podemos apertar o parafuso, firmemente (mas como sempre, sem exagero de força)



e depois, apertar a porca (sentido horário). Assim o parafuso estará devidamente travado. É bom segurar o parafuso com a chave de fenda, para evitar que ele receba mais aperto na hora em que se gira a porca



pronto. A não ser que a haste esteja emperrada e não tenha se soltado, a corrente estará com a tensão devidamente ajustada...
recoloque o bujão do visor, e a tampinha do magneto





recoloque a vela, e depois encaixe o cachimbo





Sempre lembrem-se de não exagerar nos apertos. O bujão do visor tem um anél de pressão, que não precisa ser esmagado pelo aperto completo. Ele serve para vedação naquele ponto.
E a tampinha do magneto também não deve ser muito apertada (provavelmente exigirá um pouco de força para soltar).

Produzido por João Duarte
jdupinfer@gmail.com






6 comentários:

fcferlin disse...

Parabéns pela excelente matéria.
Muito útil e bem elaborada.

valtinhobatera disse...

Aêeeeee....João...muito boa matéria mesmo...mas só uma coisa...eu não consegui enchergar as valvulas...será que eu estou cego ou existe alguma dificuldade mesmo ?
E gostaria ; se for possível de vc postar aqui um tutorial da troca de kit de ralação ( corrente , coroa e pinhão).
Fico grato pela sua atenção

Emerson Leandro disse...

Olá muito bom mesmo esse tutorial, ajuda muito pra quem ta comprando a primeira moto e tal que é o meu caso, por isso ta de parabéns!!! Mas eu notei algo, que comando avançado é esse awe brow??? ele é diferente do da dalavas! Que marca é essa?

Daniel Reis disse...

Esse comando avançado foi adaptado em casa provavelmente!

wagnerwja disse...

pra ficar mais fácil de enxergar a valvula use um óculos de leitura e uma lanterninha pra clarear dentro. eu faço assim e fica muito amsi fácil.

Anônimo disse...

ola amigo tenho uma intruder 2009 e fui fazer esse procedimento de regulagen de corrente e o parafuzo da regulagen está travado como posso destravar ele e tenho mais uma dúvida pode se regular a corente de comando com o motor ligado obrigaado desde já pela atenção.