Segue um tutorial de como fazer a lubrificação da corrente de transmissão de sua moto.

Material necessário:
Óleo;
O tipo de embalagem de óleo varia conforme a preferência do dono. Alguns preferem embalagens pekenas de óleo, com uma espécie de bico por onde sai o óleo, isso facilita bastante a aplicação. Eu uso a embalagem de 1 litro mesmo, apenas faço um furinho bem pekeno no lacre da embalagem. É por ali q vai sair o óleo, então é só virar a embalagem q o óleo sai num fiozinho.
Alguns preferem usar o óleo sendo espalhado por um pincel, é uma maneira menos "lambuzenta" de lubrificar a corrente. EU ainda prefiro o bom e velho óleo sendo pingado na corrente diretmente.

Vamos aos passos:
-Deixar a moto no Neutro;
-Colocar a moto no cavalete central;(se vc não tem cavalete central.... se fudeeeeeeeu)!!hahahahaha
-Pegar o tubo de óleo;
-Girando a roda traseira com uma das mãos, pegar a embalagem do óleo e ir passando nas intersecções dos elos da corrente (indicação verde na foto);
-Após lubrificar toda a corrente conforme o passo anterior, apenas por descargo de consciência e prevenção de desgaste prematuro da corrente e pinhão/coroa, passar um pouco de óleo no centro do rolete da corrente (indicação vermelha na foto);

Não usamos Graxa Branca para lubrificar a corrente. A Graxa Branca apenas fica nas superfícies da cavidade entre dentes do pinhão e da coroa (indicação azul na foto) e no centro dos roletes da corrente (indicação vermelha na foto)... mas não penetra na intersecção dos elos da corrente (indicação verde na foto), que é onde se dá o maior desgaste, provocando assim uma relação barulhenta!
Portanto ESQUEÇA Graxa Branca, uma boa lubrificação é feita à base de óleo, de preferência óleo 90, de transmissão de carro. Não junta sujeira e lubrifica com qualidade a relação.