A manutenção periódica é fator determinante para o bom funcionamento e aumento da vida útil da sua motocicleta, além de garantir a segurança do motociclista. Fique atento em alguns itens e sinais, e sempre que necessário procure a concessionária autorizada. 

- Verifique regularmente o nível de óleo do motor. Tenha sempre em dia as trocas de óleo, conforme indicado no manual de sua motocicleta; 

- Calibre os pneus com freqüência para evitar a perda da aderência e aumentar sua vida útil, e também para previnir desgastes excessivos da banda de rodagem e evitar esforço extra do motor; 

- Verifique regularmente o funcionamento das lâmpadas dos faróis alto e baixo, da lanterna, da luz de freio e dos piscas, pois além de garantir a sua segurança evita multas; 

- Evite andar com a gasolina sempre na reserva, já que a sujeira que se acumula no tanque de combustível poderá entrar no carburador; 

- Acelere e desacelere o motor sempre com progressividade, isso ajudará na conservação do motor; 

-------------------------------------------------------------------------

Óleo ou graxa na corrente? Óleo comum deixa a roda traseira repleta de manchas e graxa acumula sujeira na corrente. O mais correto neste caso é aproveitar a inspeção da folga da corrente para efetuar corretamente sua limpeza e lubrificação. 

Atenção 
Nunca inspecione ou ajuste a corrente de transmissão com o motor em funcionamento. Desligue o interruptor de ignição, apóie a motocicleta no cavalete central e posicione a transmissão em ponto morto. Verifique a folga da corrente na parte inferior, efetuando a medição na seção intermediária entre a coroa e o pinhão de transmissão. A folga deve estar entre 10 e 20 mm, pois se estiver menor que esta faixa pode comprometer a durabilidade, e maior, gerar o risco de que a corrente escape ou se rompa. 

Limpeza 
Limpe a corrente com uma escova macia, usando um solvente não-inflamável. Inspecione a corrente quanto a possíveis danos ou desgaste, substituindo-a se houver indícios de roletes danificados, elos soltos/engripados ou outros danos que não possam ser reparados. 

Lubrificação 
Antes da lubrificação certifique-se que a corrente esteja completamente seca. Lubrifique a corrente de transmissão com óleo para transmissão SAE 80-90 ou outro lubrificante fabricado especialmente para uso em correntes com anéis de vedação. Ao final retire todo o excesso de óleo. 

Inspeção Final 
Inspecione os dentes da coroa e do pinhão de transmissão quanto a desgaste ou danos. Se necessário substitua os dois. Nunca utilize uma corrente de transmissão nova com a coroa ou o pinhão desgastado. Tanto a corrente como a coroa e pinhão de transmissão devem estar em boas condições para que a nova peça instalada não se desgaste rapidamente.